top of page
  • Foto do escritorPortal Entre Elas

Saber viver

O que você tem feito por você?



“Não sei se a vida é curta ou longa demais pra nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira e pura, enquanto durar...” Cora Coralina.


Esse texto de Cora Coralina me faz pensar o que de fato faz nossa vida ter mais cor, mais alegria, mais felicidade. Ser importante na vida de alguém, com certeza é uma dessas coisas que nos traz sentido mas isso só é possível quando estamos dispostas de verdade.


A maioria de nós mulheres têm uma imensa facilidade de cuidar, amar, abraçar, ouvir e ajudar. Talvez seja por nosso instinto materno, esse desejo de proteger que nasce conosco e nos possibilita sentir prazer nesse comportamento acolhedor. E realmente amamos amar.


É muito bom saber que esse tipo de atitude e comportamento nos faz mais felizes, preenchendo a nossa alma feminina com os melhores sentimentos e ainda por cima iluminando a vida das pessoas com quem convivemos, sejam próximos ou nem tão próximos assim.


Porém, venho trazer um questionamento a você que ama servir, cuidar, amar, ajudar e acolher as pessoas. Será que você tem se tratado da mesma forma que tem tratado aos outros? Você tem se priorizado, se olhado com amor e com o cuidado que você merece?


Tenho visto que muitas mulheres se preocupam demais com o marido, com os filhos, com os afazeres da casa, com os compromissos profissionais, com seus clientes, cumprindo horários, agendas de almoços, festas de casamento, aniversários, compras de casa, organização e tantas outras coisas, simplesmente para atender às necessidades de terceiros, da família, do chefe, dos amigos e suas expectativas.


E eu sei bem o quanto não faltam tarefas, pois somos seres que têm uma capacidade incrível e uma competência infinita para fazer mil coisas ao mesmo tempo. Realmente conseguimos dar conta de tudo que nos é apresentado.


Agora me conta, de verdade, depois de fazer tudo isso:

Como fica a sua energia?

Qual o preço que você tem pago por querer ser a mulher maravilha?

O que você tem sacrificado?


Eu sei que muitas vezes você acaba se esquecendo de fazer as coisas por você mesma, se deixando por último, não tendo tempo de se amar, se cuidar, se ouvir, sentir o que seu corpo está pedindo, sem se permitir momentos de descanso, de silêncio ou de prazer.


Meu alerta aqui é para que você entenda que cada uma de nós só pode dar aquilo que tem. E se você quer continuar dando o seu melhor, esteja bem com você mesma.


O estresse pode trazer muitas consequências como ansiedade, momentos de tristeza, desânimo, insônia, dores pelo corpo, o que impossibilita fazer qualquer coisa de forma positiva, amorosa e feliz.


Quanto mais você estiver disposta, saudável, alegre e amada, mais você poderá fazer a diferença na vida das pessoas ao seu redor, podendo assim entregar serviços e sentimentos de primeira qualidade àqueles a quem você mais ama e deseja ajudar nessa jornada chamada vida.


Portanto, ame-se, cuide-se e valorize-se cada dia mais!

Afinal, é preciso saber viver.



0 comentário

Comments


bottom of page