top of page
  • Foto do escritorPortal Entre Elas

Dia de São Jorge: 3 curiosidades sobre a feijoada típica da data

Data comemorada em abril traz o feijão-preto como símbolo; prato é tradição no Rio de Janeiro, estado padroeiro do santo



O Dia de São Jorge, celebrado em 23 de abril, é em homenagem à morte do guerreiro conhecido como protetor dos males e símbolo de força em momentos difíceis. Parte importante da cultura popular do país, o santo é tema de músicas e festas em diversas regiões, além de carregar a tradição do consumo da feijoada para comemorar a data. O hábito surgiu por conta do feijão-preto ser uma das oferendas que podem ser servidas ao orixá Ogum, entidade de matriz africana, associada ao santo. 


Desde então, a feijoada marca essa celebração junto de missas e cerimônias de devotos, principalmente no Rio de Janeiro, estado padroeiro do santo. Com a proximidade da data e a sua ligação com um prato tão forte no Brasil, a Kicaldo, líder no segmento de feijões, compartilha 3 curiosidades sobre o prato.

Veja a seguir: 


1. A receita não é a mesma em todas as regiões


Apesar de ser muito popular em todo país, a receita sofre algumas alterações de ingredientes conforme a região, ganhando novas roupagens, por exemplo, em Santa Catarina tem a famosa feijoada de frutos-do-mar mais conhecida como Maniçoba, que leva na receita maniva, uma folha da mandioca moída.


2. A laranja é um dos acompanhamentos mais recomendados


Além de acompanhamentos como a couve e a farofa, uma combinação muito recomendada para a feijoada é a laranja. O principal motivo é que ela ajuda na absorção de ferro, sendo recomendado consumir uma porção completa da fruta após a refeição.


3. Sábado é considerado o dia da feijoada


No Brasil, o sábado é considerado o dia da feijoada, já que é um dia em que as pessoas costumam ter mais tempo para produzir o prato e também fazer sua digestão. Muitos acreditam que esse hábito também seja uma herança vinda dos portugueses, que consomem a transmontana (feijoada portuguesa) aos fins de semana. Atualmente muitos restaurantes e bares já adotaram a data e seguem esse calendário. Em São Paulo, o prato também é servido às quartas.




0 comentário

Comments


bottom of page