top of page
  • Foto do escritorPortal Entre Elas

Crenças Limitantes x Autoestima

Quando você foca nas suas limitações está automaticamente limitando também a autoestima.


Por Dani Wicher

Algumas crenças limitantes comuns que muitas mulheres compartilham comigo comprovam porque suas vidas podem estar paralisadas. E quanto a você? Reconhece quais são elas e está disposta a se fazer algumas perguntas, refletir e mudar suas crenças e sua vida?


Verifique se você também se identifica com alguma dessas declarações. Vamos lá!


1. Eu não sou o suficiente (boa, educada, magra, jovem, inteligente...)

2. Eu preciso fazer os outros felizes para não ser rejeitada.

3. Eu não posso ser feliz até que ele/ela mude. (relacionamentos e trabalho)

4. Eu preciso da aprovação dos outros para me sentir bem.

5. Eu tenho que continuar nesse relacionamento, não sou capaz de recomeçar.

6. Se eles realmente me amassem, eles  fariam / diriam / ajudariam ________.

7. Eu não sei o que eu quero.

8. Eu nunca vou mudar.

9. Eu sou responsável pela felicidade de outras pessoas, e elas são responsáveis pela minha.

10. Eu não tenho tempo para comer direito ou fazer dieta.

11. Se eu disser o que penso as pessoas não irão gostar.

12. É muito tarde para mim.

13. As coisas nunca funcionam bem comigo.

14. Eu não deveria ter que pedir ao meu parceiro o que eu quero.

15. Fulana teve sorte, as coisas são difíceis para mim.

16. Eu deveria fazer outra coisa da vida.

17. Eu não posso ou não consigo fazer isso.


Se qualquer uma dessas declarações for verdade para você, é hora de reavaliar sua situação e tomar as rédeas da sua vida, eliminando as crenças que te paralisam.

E como fazer isso? Escolha uma crença limitante e faça a si mesma as seguintes perguntas: Eu acredito nisso? Isso é real? Eu posso pode provar que isso é verdade? Por que eu acredito nisso? O que é certo nessa situação? Como eu seria se não acreditasse nisso?

Estas perguntas podem conectar você com a verdadeira autoestima.


Vamos entender um pouco sobre autoestima


Você sabe se valorizar? Está feliz com o seu jeito de ser? Confia em seus atos? Se gosta? 

Autoestima é isso: Gostar das coisas que você faz e fazer cada vez mais o que gosta.

Todo mundo tem autoestima, a diferença é que algumas pessoas têm mais que outras. Esses níveis diferentes podem interferir em todos os setores da vida influenciando ações sem que você perceba.


Como desenvolver a sua autoestima? Buscando autoconhecimento para alcançar bons resultados. Melhorar a autoestima requer que você faça uma avaliação do próprio comportamento, questionando e descartando aquilo que não traz harmonia para a sua vida.

Identificar o momento que estamos não é fácil, mas é a chave para estabilizar e direcionar as emoções.


Exercitando o autoconhecimento


· Examine o passado: Ao fazer essa retrospectiva, é possível perceber que alguns erros do passado podem ser corrigidos e outros não. Os erros são oportunidades de aprendizagem. Ao se deparar com o que não pode ser mudado, o melhor a fazer é aceitar a situação e entender que ele te trouxe até aqui e te tornou a pessoa que é hoje. Você sofreu e também amadureceu. Não fique revivendo o passado, aprenda com ele e se fortaleça.


· Pare de buscar a perfeição e pare de abandonar seus projetos buscando ser perfeita. Melhor o Feito do que o Perfeito.


· Compartilhe com as pessoas que realmente conhecem sua história e se importam com você suas realizações positivas. Se orgulhe das suas pequenas vitórias, aprenda a amar o seu processo de transformação.


· Seja sincera com Você: Quanto mais achamos que nos conhecemos, alguma situação sempre nos mostra que estamos enganadas sobre como nos vemos. Não parece, mas isso é muito saudável. Demonstra que você sabe identificar seus passos e pensamentos. Neste processo de melhorar a autoestima é muito importante que você seja sincera, honesta e verdadeira com você. Aceite sua realidade e suas circunstâncias e faça o seu melhor.


· Reveja as ações do seu dia todas as noites e identifique o que pode ser melhorado. Todos os dias podemos ser  1% melhores que ontem.


· Você reage sempre da mesma forma quando contrariada? E quando você machuca alguém? De que forma você comemora suas conquistas? Começar a fazer essas perguntas é mergulhar em você. Aprenda a comemorar suas características boas e reconhecer as ruins.


Melhorando sua capacidade de se amar e de amar verdadeiramente o próximo, sem esperar nada em troca, mesmo quando as coisas não estiverem bem. A entrega verdadeira te torna madura e transforma sua percepção da vida.


Se ignorarmos nossos erros, estamos tirando de nós mesmas a habilidade de entender verdadeiramente em que momento podemos ser melhores. Melhorar não requer uma crítica interna como motivação. Aceitação é entender que nem sempre você será perfeita porém, tem uma disponibilidade para agir melhor.


Dicas práticas para aumentar sua autoestima


Positividade: Busque emoções positivas através de pensamentos que te façam bem. Rir com uma piada, ficar feliz com o sorriso do seu filho, ajudar alguém que precisa... Melhore o seu dia.


Pratique atividade física: Corpo São, Mente Sã.


Selecione Pessoas e ambientes: Procure estar com pessoas que têm os mesmos interesses que você.  Ás vezes, por necessidade de aceitação, permitimos que pessoas afetem nossa autoimagem e sonhos.


Não se compare com os outros: Quando você mira na musa do Instagram, está vendo ali só o palco e não imagina como são os bastidores. Todos passam dificuldades e percorrem um longo caminho até alcançarem seus objetivos. Foque em Você e na SUA EVOLUÇÃO.


Dedique um tempo a você e ao auto cuidado. Se cuidar faz parte da sua evolução. Não tem problema nenhum ficar mais bonita, isso te fortalece e demonstra ao próximo o quanto você se valoriza e merece ser respeitada.


Se você está disposta a ser feliz e se responsabilizar por sua felicidade e suas atitudes, estou aqui para fazer essa caminhada ao seu lado, porque #juntassomosmaisfortes



0 comentário

Comentários


bottom of page